NUTRIFLORENÇA

PROGRAMA DE EDUCAÇÃO NUTRICIONAL

Os pais que se preocupam com a alimentação e com o desenvolvimento saudável de suas crianças encontram no Colégio Acadêmico Florença um grande diferencial. Com um Programa Especial de Educação Alimentar, dirigido por uma Nutricionista em parceria com a Coordenação Pedagógica, a Escola conta com cardápio e cozinha própria, de maneira que os alimentos frescos e naturais são preparados com o máximo cuidado, desde os ingredientes até os temperos, que são apropriados às crianças.

O Colégio Acadêmico Florença entende a questão nutricional na primeira infância como algo bastante amplo, que envolve desde questões fisiológicas, de formação de hábitos saudáveis, até uma série de elementos sociais que compõem o dia a dia das refeições na Escola.

Nos primeiros anos de vida a criança consolida seus primeiros hábitos, dentre eles os alimentares. Com o programa de Educação Nutricional do Colégio Acadêmico Florença as crianças são acompanhadas semanalmente em suas refeições, de maneira que os professores identificam os alimentos preferidos, os que são ingeridos em menor quantidade e aqueles que são rejeitados.

A partir desses dados, os profissionais de nutrição e pedagogos se unem para apontar quais alimentos a criança tem carência e de que forma se poderá trabalhar para que esses alimentos possam ser ingeridos em seu dia a dia, de forma lúdica e divertida.

No Colégio Acadêmico Florença as crianças fazem todas as refeições no ambiente escolar, onde não só se alimentam, mas aprendem a gostar do que é mais saudável. Além disso, os pais podem fazer consultas particulares gratuitas com a Nutricionista da Escola, fazendo questões e esclarecendo dúvidas sobre as dietas de suas crianças.

Outro aspecto importante é compreender que para a criança a alimentação precisa estar ligada a diversão, alegria e prazer, já que exerce também uma função emocional. Com esse enfoque percebe-se uma série de aspectos sociais extremamente importantes que podem ser trabalhados durantes as refeições.

O fato das crianças compartilharem os mesmos alimentos permite uma troca riquíssima. Uma criança começa a conhecer as preferências da outra, o que o colega gosta e o que ele não gosta.

Tudo isso compõe o mundo de descobertas da primeira infância. As refeições são momentos de integração, de compartilhar sabores e experiências. Privar as crianças disso seria negar um dos mais belos elementos da infância.